As classes açucareiras e a crise de 1930 em Pernambuco (Artigo em periódico)

Resumo:

Este estudo se corporaliza numa época onde a pesquisa científica se debruça na histórica, em busca de um conhecimento molecular daquilo que veio a ser designado como a “revolução de 1930” no Brasil. Identifica-se, portanto, com todo um esforço de recuperação e reinterpretação dos matizes que definem a franzida face atual da sociedade. Nesse sentido, não é exagero afirmar que repousa nos idos de 1930 as transformações estruturais mais significativas que conhece o país no século XX, as quais influíram verticalmente na sua evolução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: