Usuários, redes sociais, mediações e integralidade em saúde – Org. Paulo Henrique Martins e Roseni Pinheiro (Livro)

A base da reflexão sobre a perspectiva do cuidado como valor tem sido desenvolvida ao longo dos últimos dois anos, a partir da pesquisa “Visibilidade, responsabilidade e pertencimento público: construções teórico-práticas sobre o cuidado como direito humano à saúde”, mediante apoio do CNPq e FAPERJ, que possibilitou diálogos interdisciplinares entre justiça, direito e cuidado na saúde. A dignidade, a reciprocidade e o sentimento de pertença pública reforçam a base teórica e metodológica deste livro, ao definir o cuidado como valor dos valores do direito à saúde como direito humano. A centralidade do usuário nas análises de demanda por cuidado constitui nexos imperativos para compreensão dos circuitos de dádivas e mediações das práticas sociais em saúde.

Por tudo isso, o presente livro não é apenas a some de bons textos, mas principalmente um esforço de integralizar a teoria e a prática, rearticulando a reflexão e a intervenção desde a pesquisa, a incubação e a formação na saúde.


Acesse aqui:

ACADEMIA.EDU

Os comentários estão encerrados.

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: