Produtivismo na saúde: desafios do SUS na invenção da gestão democrática – Org. Paulo Henrique Martins; Adriana Falangola; Artur Stamford; Islândia Carvalho (Livro)

Resultado de uma pesquisa desenvolvida conjuntamente por quatro grupos de acadêmicos – três da Universidade Federal de Pernambuco e um do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães/Fiocruz Pernambuco –, a coletânea é uma profunda e crítica investigação sobre o produtivismo na saúde e as práticas utilitaristas cada vez mais presentes no campo da medicina e da saúde pública. A partir de abordagens sociais e jurídicas da saúde coletiva, o livro apresenta novas perspectivas humanizantes na área e torna-se uma publicação inédita tanto por discutir, de modo interdisciplinar, os efeitos negativos deste modelo econômico, como por abordar experiências que visam minimizar estes efeitos. Na abordagem e na pesquisa dessa temática, o livro divide-se, desse modo, em quatro capítulos: “Gestão em saúde e produtivismo”; “Humanização, parto e nascimento”; “Sofrimento, subjetividade e medicalização”; e “Práticas antiutilitaristas e integrativas em saúde”.


Acesse aqui:

ACADEMIA.EDU

Os comentários estão encerrados.

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: